Legalização e formalização

Empresa digital: 10 passos para a abertura

18/08/2021
Empresa digital: 10 passos para a abertura

Formalizar sua empresa digital é uma grande conquista. Sendo assim, parabéns por se preocupar com a constituição do seu empreendimento.

Atuar de forma legal é, em primeiro lugar, a única forma de eliminar os riscos da informalidade e sonegação de impostos que colocam seu negócio em grande perigo. 

Dessa forma, confira abaixo os 10 passos para a abertura de uma empresa digital: 

1. Defina o negócio de sua empresa digital 

Primeiramente, aqui se faz necessário, que seu negócio esteja bem definido. Para o infoprodutor se faz necessário saber se ele é um Afiliado, Coprodutor, Gerente de Afiliados, Copywriter, Agência de lançamentos, dentre outros. 

2. Faça a inscrição municipal ou estadual da empresa digital

Em segundo lugar, de acordo com o tipo de empresa – serviço ou comércio é necessário realizar a inscrição no estado ou no município.

3. Escolha o tipo de empresa para abrir: MEI, ME OU EPP 

Em terceiro lugar, escolha o tipo de empresa para abrir:

O MEI é categoria mais simples, e tem algumas limitações de em relação aos sócios, faturamento e funcionários.

Para a ME e EPP, as limitações são bem menores e há muitas possibilidades, para que seu negócio se constitua, de acordo com as suas necessidades. 

Em resumo, confira o limite de faturamento destas empresas:  

MEI: até R$ 81.000,00 ao ano. (Somente 1 funcionário e não pode ter sócios). 

ME: até R$ 360.000,00 ao ano. (Pode ter vários funcionários, pode ter mais de um sócio e pode emitir quantas notas fiscais quiser). 

EPP: de R$ 360.000,00 até R$ 4.800.000,00 ao ano. (Pode ter vários sócios e funcionários). Muitas destas empresas escolhem o Simples Nacional, como regime de tributação). 

4. Defina a natureza jurídica da empresa digital: EI, EIRELI, SLU ou Ltda. 

Depois que se define o porte da empresa, é hora definir a natureza jurídica da empresa, que é sua forma de constituição.

Ou seja, você precisa definir quem são os sócios, a participação de cada um na empresa e o investimento inicial.

As informações estarão no contrato social da empresa, visto que serão elaborados pelo contador. Para saber mais sobre estes tipos de empresas contate-me. Estou disponível para tirar suas dúvidas, contato logo abaixo. 

5. Escolha os CNAES (atividades para exercer) 

E importante que você detalhe suas atividades exercidas dentro da empresa, para que o contador o enquadre dentro do CNAE adequado de atividades, ou seja, encontre o código correto que enquadre sua atividade, chamado CNAE- Classificação Nacional de Atividades Econômicas, tabela disponibilizada pelo IBGE. 

O empresário pode ter mais de um CNAE em seu CNPJ, mas um deles será o principal, aquele de maior faturamento e os restantes serão secundários.

Para ter maiores detalhes acesse o site do IBGE, ou coloque no Google : IBGE, CONCLA, CNAE. 

6. Escolha seu regime tributário: Simples, Lucro Presumido ou Real. 

Escolha o regime tributário com que você pagará menos impostos, por isso converse com seu contador, ou contate-me. 

7. Elabore o contrato social com a participação de seus sócios. 

O contrato social é ponto inicial de iniciação da empresa, pois lá constarão os sócios e sua participação nos lucros das empresas, como serão divididos os dividendos. Toda empresa tem que ter seu capital social.

8. Separe os documentos necessários para levar à junta comercial 

Para abrir uma empresa, primordialmente você deve obter um CNPJ. 

Sendo assim, confira os documentos necessários para abrir uma empresa: 

  • RG E CPF 
  • Comprovante de endereço 
  • Se casado, certidão de casamento 
  • Cópia do IPTU, ou documento que conste a inscrição imobiliária ou a indicação fiscal do imóvel, onde a empresa está instalada. 

9. Obtenha o Alvará de localização e funcionamento 

Este documento autoriza a empresa a exercer as atividades em determinado locais de acordo com as normas estabelecidas. Ele é concedido pela prefeitura ou outro órgão governamental municipal. 

10. Contrate um contador de sua confiança para abrir a empresa digital

O Contador especializado irá lhe nortear sobre todo o processo de abertura de empresas. Além disso, irá lhe comunicar quanto irá gastar com as taxas dos órgãos públicos e também lhe orientar sobre todos os documentos necessários. 

Abertura de Empresa: quanto custa? 

Este valor varia de região para região e você deve se resguardar destes custos, pagos durante o processo de abertura. 

Tomemos por exemplo a cidade de São Paulo, aonde as taxas da junta comercial e da prefeitura chegam a R$ 300,00 e já para o Estado do Rio de Janeiro, estas taxas podem chegar a R$ 1.200,00 reais. 

Dessa forma, quando for abrir uma empresa, procure um contador especializado, para não pagar valores exorbitantes e receber a correta orientação. 

Um contador especializado no mercado digital de infoprodutos é a sua melhor escolha se você busca por segurança, visto que os momentos da constituição e legalização da empresa são muito importantes.

Se você ainda tem dúvidas ou precisa de auxílio, entre em contato com a autora desse post: 

Marilene de Abreu Libanio
@marilene77abreu
(86) 99927-4655 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *